Nós somos uma Gestora de Negócios baseada no tripé EMPREENDEDORISMO + CAPITAL EMPREENDEDOR + INOVAÇÃO. Em todas as nossas atividades é possível perceber a manifestação clara dessa nossa escolha.

A organização dos negócios da nossa companhia é feita em três principais grupos que, naturalmente, se permeiam.

E o resultado disso é uma presença marcante da BRAIN ventures nos principais centros de inovação do país, trabalhando com startups inovadoras.

7DFA2BE3-77D5-4A72-94BA-E77230AAABDC

Por termos nosso pensamento no longo prazo, nos posicionamos como a companhia de negócios e investimentos certa para trabalhar “DA IDEIA AO IPO”. São nossas linhas de negócios:

Gestão de Portfólio:

A Gestão dos nossos ativos, empresas nas quais temos participação societária ou opção de participação societária.

Nosso portfólio engloba empresas de TIC, Economia Criativa, Sustentabilidade, Energia e também iniciativas de impacto social.

 

Fundos de Investimento:

A BRAIN é gestora operacional e consultora operacional e estratégica de fundos de investimento em participações.

Nossa forte presença nos Centros de Inovação do país e nossa capacidade de montar e atuar em Redes de Inovação, nos habilita a ajudar na captação de recursos e das melhores oportunidades de investimento.

Nós somos os Gestores Operacionais do FUNDO PRIMATEC.

 

Gestão de Espaços de Inovação:

Nós estruturamos e nos tornamos sócios estratégicos e captamos recursos financeiros para negócios que envolvem a administração de espaços inteligentes. Basicamente, são estruturas que envolvem real estate e centros de inovação.

Nossos negócios nessa área são planejados dentro do mais moderno conceito de pesquisa, de Living Labs. Um laboratório vivo é um ecossistema de inovação aberta , que muitas vezes opera em um contexto territorial que integra concomitantemente processos de pesquisa, eventualmente dentro de parcerias público-privadas.

O conceito se baseia na abordagem da co-criação feita pelo usuário – User Innovation – integrando os processos de pesquisa e inovação. Eles são integrados através da exploração, experimentação e avaliação da inovação em ideias, cenários, conceitos e artefatos tecnológicos relacionados, quando aplicados a casos de uso da vida real.